Caldo verde vegano, como fazer?

Escrito na categoria "Receitas vegetarianas" por André M. Coelho.

Este caldo é exatamente o que diz ser: um caldo super simples, muito verde. Não é exigente, não é extravagante e não é difícil de fazer. Os sabores são suaves e simples: um pouco de gengibre, cebola e alho, combinados com a frescura e ligeiro amargor das folhas verdes. Certamente existem caldos mais ousados e emocionantes por aí, mas se você está procurando uma maneira fácil e saudável de comer mais verduras – uma que não seja um suco verde, nem um smoothie, nem uma salada – este caldo é a resposta.

Caldo verde vegetariano e vegano: um pouco de história

Tenho feito uma variação deste caldo há anos, então é incrível que só agora pensei em compartilhá-la no blog. Começou como um meio de usar couve, espinafre e outras bugigangas verdes e se tornou uma espécie de comida reconfortante, uma receita que aprecio mais uma vez cada vez que a preparo.

O caldo também é uma ótima receita de transição entre o inverno e a primavera. As batatas e o respingo de leite de planta mantêm-no cremoso e dão-lhe um pouco de peso, mas também é leve e fresco, uma ótima maneira de receber os aspargos quando a estação chegar ou para fazer bom uso da acelga e do espinafre. Gosto de cobrir a sopa com arroz, legumes e outras misturas fáceis como forma de adicionar textura. Ou você pode simplesmente servir a sopa com um prato de torradas veganas e encerrar o dia.

Caldo verde vegano: informações básicas

Tempo de preparação: 10 minutos

Tempo de cozimento: 30 minutos

Tempo total: 40 minutos

Rendimentos: 10 xícaras, ou 6 a 8 porções

Ingredientes do caldo vegano:

Para servir: arroz de feijão branco cozido, quinoa cozida, bacon de coco, grão de bico torrado, pepitas torradas, ervas frescas, etc.

Caldo verde vegano

O caldo vegano verde precisa dos ingredientes certos e com os melhores nutrientes. (Foto: Vibrant Plate)

Modo de preparo do caldo verde vegano

Aqueça o azeite em um caldo grande ou panela de sopa em fogo médio. Adicione a cebola. Refogue a cebola por 5 minutos ou até que esteja clara e macia. Adicione o alho e o gengibre e cozinhe por mais um minuto ou até que o alho esteja bem perfumado.

Adicione as batatas, o sal e o caldo à panela. Leve para ferver. Reduza para ferver. Cozinhe, tampado, por 10 minutos ou até que as batatas estejam macias. Adicione o brócolis (ou outro vegetal). Cozinhe por 5-10 minutos ou até que os vegetais estejam macios. Junte a couve ou outras verduras com folhas, tampe e cozinhe por 5 minutos ou até que a couve esteja verde brilhante e murcha.

Transfira a sopa para um liquidificador em lotes para purê bem, adicionando água se a sopa for muito grossa (lembre-se de que você também adicionará um pouco de leite de soja ou de amêndoa após a mistura). Volte a colocar a sopa na panela e misture o leite vegetal e a pimenta-do-reino a gosto, bem como uma pitada de sal, se desejar. Sirva com coberturas de sua escolha.

A sopa pode ser guardada em um recipiente hermético por até três dias e pode ser congelada por 2 a 3 semanas.

Quais outros caldos veganos vocês gostam? Compartilhem conosco suas receitas!

Sobre o autor

Autor André M. Coelho

André já teve cachorros, gatos, chinchilas, hamsters, e peixes de estimação. Além dos animais de estimação, já passou pela obesidade e procurou diferentes dietas e rotinas de saúde para melhorar sua alimentação. Encontrou no veganismo e no vegetarianismo receitas deliciosas, dicas para uma vida vegana e vegetariana saudável, e mais respeito aos animais. Escreve sobre o veganismo e vegetarianismo desde 2012.

Aviso legal

O conteúdo deste site tem caráter apenas informativo. NÃO receitamos ou prescrevemos substâncias, dietas ou tratamentos. NUNCA faça tratamentos, dietas ou utilize substâncias sem a indicação de um médico especialista.

Deixe um comentário